Amor e Arte - Pensamento



O buraco da falta de amor equivale sempre ao abismo excessivo de quem ama demais. Existem maneiras de controlar as emoções que despertamos em nosso coração, o cuidado de não se autodestruir ou destruir os outros.


Podemos ficar abalados com o poder da paixão e adotar uma atitude, mas me pergunto se vale a pena autorregular-se totalmente e praticar a "economia emocional" sem transbordar. Sem essas pessoas "excessivas", como seria a arte e até o amor? O que seria de Pablo Neruda e William Shakespeare?


Me diz você!

Marisa Melo (5).jpg

Olá,
sou Marisa Melo!

Olá, sou Marisa melo, inquieta e fascinada pela vida. Fascínio que se manifesta também, na Gastronomia, no universo dos livros e das ideias. Nas cores, na Pintura, na Música e em tudo que me faça pensar. Apaixonada pelos animais, especialmente cachorros! Acredito que todo conhecimento deve ser compartilhado. O que cada um vive e compartilha, enriquece e abre caminhos para todos. Aquela receita maravilhosa. O livro que não dá pra largar. A magia luminosa de uma foto inspirada. A conexão total entre o que comemos e nossa saúde. Entre nossa aparência e nossa autoestima. Quero sempre transmitir a minha verdade. Na foto, no texto, na opinião. Às vezes contra a corrente, às vezes nas entrelinhas. Sem a preocupação do elogio fácil.

Post Archive 

Tags