• Marisa Melo

O Gatilho da escassez


"Para amar qualquer coisa, basta imaginar que ela pode ser perdida."




De tempos em tempos, alguns assuntos se tornam populares. Perguntas, respostas, réplicas, tréplicas, especialistas aparecem para aproveitar a popularidade do tema e o discutem à exaustão. Somos bombardeados por todos os veículos de imprensa e comunicação. Ao ponto em que nos desconectamos do tema, fartos dessa ênfase exagerada.


“Marketing Digital” é um bom exemplo. Muito importante em qualquer segmento, mas há pessoas que oscilam entre a resistência e o preconceito. Eu entendo perfeitamente, porque eu também me sentia assim. É muito chato ouvir as mesmas coisas repetidas vezes.


Se uma técnica existe e funciona, precisamos entender e extrair o que ela tem a oferecer para nos ajudar, do nosso jeito, com a nossa identidade.


Alguns ensinamentos têm raízes profundas na Psicologia. Desejamos aquilo que nos é negado. E fazer-se de difícil é um tática milenar de conquista. Esse conceito serve de base para uma estratégia que eu uso e que tem funcionado muito: Valorizar e tornar escasso meu produto. De que forma? Na apresentação, no conteúdo e na postagem.

Se você produz muito, publicar todo dia uma obra nova demonstra que o seu produto é simples, fácil e menos atrativo. É uma desvalorização muito grande que você provoca e nem percebe. Vejo isso acontecendo o tempo todo.


Se algo está muito disponível, perde o valor. Então, devemos tornar o produto escasso para o público se decidir e comprar.


A escassez funciona. É do ser humano esse medo de perder coisas, pessoas e relacionamentos.


Para quem quiser se aprofundar nesse tema, existe um livro que vai acrescentar muito a seu negócio, seja ele qual for. O “Gatilho da Escassez” ficou mundialmente conhecido graças ao livro “As Armas da Persuasão” do PhD Robert Cialdini. Ele nos mostra como nosso cérebro é influenciado por determinadas ações e palavras. São os princípios de influência.

Boa leitura!











Scarcity Trigger

From time to time, some subjects become popular. Questions, answers, replicas, battalions of experts appear to take advantage of the popularity of the topic and discuss it exhaustively. We are bombarded by all the press and communication vehicles. To the point where we disconnect from the theme, we are fed up with this exaggerated emphasis.


"Digital Marketing" is a good example. Very important in any segment, but there are people who oscillate between resistance and prejudice. I understand perfectly, because I felt that way too. It is very annoying to hear the same things repeated with exaggerated insistence.

If a technique exists and works, we need to understand and extract what it has to offer to help us, in our own way, with our identity.


Some teachings have deep roots in psychology. We desire what we are denied. And making yourself difficult is an age-old tactic of conquest. This concept serves as the basis for a strategy that I use and that has worked a lot: Valuing and making my product scarce. In what way? In presentation, content and posting.

If you produce a lot, publishing a new work every day, that demonstrates your product is simple, easy and less attractive. It is a huge devaluation that you provoke and don't even notice. I see this happening all the time.


If something is easily available, it loses its value. What is rare has value. So, we must make the product scarce for the public to decide and buy.


Scarcity works. It is the human being's fear of losing things, people and relationships.


For those who want to delve into this topic, there is a book that will add a lot to your business, whatever it may be. The “Trigger of Scarcity” became known worldwide thanks to the book “Influence: Science and Practice” by PhD Robert Cialdini. It shows us how our brain is influenced by certain actions and words. These are the principles of influence.

Enjoy reading!

0 visualização

Subscribe to our newsletter

© 2019 Marisa Melo

São Paulo - Brasil 

e-mail: contato@marisamelo.com

+55 (11) 99724 0909

SIGA-NOS

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • Facebook Clean
  • Branca Ícone Instagram