Artista, comece a pensar como empreendedor!



Pensar Como Empreendedor


A visão que o público em geral tem do artista é um estereótipo: distraído, com a cabeça em outro mundo, desconectado da realidade e das necessidades materiais. Avesso a contas e planejamento. Muito talento, alguma fome e uma boina.


O perigo é o próprio artista se ver assim. Afinal, ninguém quer esperar 200 anos para ter sua obra reconhecida. Então o desafio do empreendedorismo representa uma mudança de postura, do modo de se ver na sociedade e no mundo artístico. E isso passa por duas atitudes fundamentais:


1-Começar algo novo

2-Transformar sonhos e desejos em ações concretas

Mais que ninguém, o artista é criador por excelência. E se o conteúdo artístico já faz parte de seu modo de ser e de viver, muitas vezes o que falta é direcionar essa atividade de modo a trazer resultados mensuráveis.

Tenha claro o objetivo de divulgação e vendas e comece a ampliar seus conhecimentos nessa direção. Sua personalidade e seus valores devem fazer parte de sua estratégia. Sua essência deve permear toda a ação. Pesquise, leia, faça cursos, filtre e coloque em prática. Não é preciso um CNPJ para começar.


Com o crescimento significativo do alcance das redes sociais e da tecnologia, é fundamental entender de Marketing Digital. Você não precisa ser um exímio marqueteiro, mas precisa ter alguma noção para que seu produto seja apresentado de forma eficiente ao público.

Importante lembrar que os caminhos são individuais. Não copie modelos bem-sucedidos. Não copie ninguém. A receita é diferente para cada um. Caso contrário seria simples, não é mesmo?


O Universo trabalha para o seu sucesso. Mas é preciso que você faça sua parte. Compreender que é você quem conduz sua carreira é o passo inicial para o seu êxito.

0 visualização

Av. Bernardino de Campos, 98 São Paulo, SP 12345

  • Facebook Clean
  • Twitter Clean