top of page

Alexandre Pinhel é um alquimista das artes


"A Fuga"


Alexandre Pinhel é um alquimista das Artes. O talento é a pedra filosofal deste engenheiro e artista plástico neo-expressionista, que transforma materiais descartados e resíduos sólidos em arte. Embalagens, espelhos de cerâmica, peças de metal passam por processos químicos, mecânicos ou térmicos e despertam no observador a consciência da preservação e da sustentabilidade.

Mas a experiência proporcionada por esse mago contemporâneo vai além. Seu trabalho é envolvido por um enigma proposto em seus títulos criativos, ao garantir que o material processado não seja identificado pelo observador, que deve se surpreender ao ser informado sobre o segredo. O título deve causar curiosidade e sugerir uma narrativa que será imaginada a partir da apreciação do objeto. Assim, em telas e esculturas, “Histórias Extraordinárias” contadas através de “Conversas Tridimensionais”, contam a “Mitologia Pessoal” desse Paracelso da arte brasileira.



"Rito de Passagem"





"Juntos para Sempre"




"Persistência da Dor"

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page