top of page

"Além das Sombras: A Arte, a Autoestima e a Luta contra o Plágio"





No vasto universo da arte, a questão da falsificação e do plágio emerge como uma sombra constante, desafiando a integridade dos artistas e a autenticidade de suas criações. Em um mundo cada vez mais digital, onde a exposição online é quase inevitável, surge o receio do plágio, uma preocupação latente entre os criadores.


Há um momento único na trajetória de um artista quando a obra é concluída e compartilhada, marcando o cumprimento de uma missão pessoal. No entanto, o medo de ver seu trabalho replicado indevidamente por mãos inescrupulosas é uma realidade que paira sobre muitos. A preservação da autenticidade, seja na forma de uma imagem digital ou de uma pintura física, torna-se uma batalha constante.


A discussão sobre resolução de imagem e a execução magistral de uma pintura pelo seu criador ganham relevância nesse contexto. A limitação técnica na resolução de imagens pode, de certa forma, ser um escudo contra a reprodução não autorizada. No entanto, no caso das pinturas, a maestria artística, uma vez exibida, desafia qualquer tentativa de replicação fiel.


É verdade que ninguém está imune a esse desafio no jogo da criação artística. Artistas, especialmente fotógrafos, muitas vezes enfrentam um medo avassalador de ver suas imagens roubadas. Contudo, ao lançar suas obras na vastidão da internet, mesmo cientes da possibilidade de cópias, os verdadeiros autores mantêm a chama de sua originalidade acesa.


A autoestima emerge como uma armadura importante nesse cenário. Ignorar as investidas de imitação requer confiança no próprio talento e na singularidade do processo criativo. Afinal, quando se compartilha uma criação online, a certeza de ser o verdadeiro autor deve superar as inevitáveis tentativas de reprodução não autorizada, uma vez que não existe resolução suficiente para ampliar, sequer, uma imagem 15x21 cm.  No jogo da arte, resistir ao medo do plágio é um testemunho da força interior e da autenticidade que cada artista carrega consigo.


A autoralidade e autoestima deve ser maior que o medo do plágio!

11 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page