• Marisa Melo

A “Dama Colorida” de Mafalda Felizardo



A expressão artística é tão ampla quanto a pluralidade dos sentimentos. Os quadros e as canções vão nos falar sobre alegria ou tristeza, fúria ou doçura, passado ou futuro. Na Arte, um dos temas recorrentes é a representação da mulher. A figura feminina não sai de moda, desde muito antes da Mona Lisa de da Vinci. Desde então, diferentes movimentos se sucederam para, partindo da beleza feminina, compartilhar novos conceitos e novas visões do mundo.

Em sua “Colorful Lady” (Dama Colorida), a artista visual Mafalda Felizardo apresenta uma série de elementos que são característicos de seu trabalho. O estilo é forte, bem definido. Sentimos a convicção na condução das cores, luzes e sombras. Os olhos marcam um horizonte. E em conjunto com a linha do nariz, definem caminhos e quadrantes para a observação. As cores escuras nos contam quem é a Dama Colorida, e sugerem autoridade e força.

Mafalda nos apresenta, com sua técnica apurada, diferentes estilos e compõe aqui uma imagem que abriga elementos do Pop, do Cubismo e do Surrealismo. Sua Dama Colorida também sugere uma máscara de dança africana.

Mas, acima de estilos e técnicas, prevalece o sentimento que a artista nos passa. Neste caso é digno de nota que ela não usou pincéis. Sua criatividade fluiu por seus dedos e eles conduziram as cores na tela. Uma quase escultura em tinta, a imagem é uma ponte sensorial de emoções entre artista e observador, numa comunhão de cores que concentra a vibração, o impacto e a força feminina numa obra única.


“Colorful Lady” by Mafalda Felizardo

Artistic expression is as wide as the plurality of feelings. Pictures and songs will tell us about joy or sadness, fury or sweetness, past or future. In Art, one of the recurring themes is the representation of women. The female figure has not gone out of fashion since long before da Vinci's Mona Lisa. Since then, different movements have succeeded in sharing, through the feminine beauty, new concepts and new visions of the world.

In her “Colorful Lady”, the visual artist Mafalda Felizardo presents a series of elements that are characteristic of her work. The style is strong, well defined. We feel the conviction in the conduction of colors, lights and shadows.

The eyes mark a horizon. And in conjunction with the nose line, they define paths and quadrants for observation. The dark colors tell us who the Colorful Lady is, and suggest authority and strength combined with elegance and sophistication.

Mafalda presents us, with her refined technique, different styles and composes here an image that houses elements of Pop, Cubism and Surrealism. Her Colorful Lady also suggests an African dance mask.

But, above styles and techniques, the feeling the artist gives us prevails. In this case it is noteworthy that she did not use brushes. Her creativity flowed through her fingers and they guided the colors on the screen. Almost a sculpture in ink, the image is a sensory bridge of emotions between artist and observer, in a communion of colors that concentrates vibration, impact and the feminine strength in a unique work.


4 visualizações

Subscribe to our newsletter

© 2019 Marisa Melo

São Paulo - Brasil 

e-mail: contato@marisamelo.com

+55 (11) 99724 0909

SIGA-NOS

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • Facebook Clean
  • Branca Ícone Instagram