Av. Bernardino de Campos, 98 São Paulo, SP 12345

  • Facebook Clean
  • Twitter Clean

 exposições 

Carrrousel du Louvre – Paris, França 2019 / Individual

Linha da Cultura (Sacomã) São Paulo, Brasil 2019 -  Projeto

“Estação Natureza”/ Individual

Linha da Cultura (Santana) São Paulo, Brasil 2019 – Projeto “Estação Natureza”/ Individual

Le’bou, São Paulo, Brasil 2019 ´Projeto “Visage”/ Individual

Expo Art SP, São Paulo, Brasil 05/2019 - Coletiva

Expo Art SP, São Paulo, Brasil 08/2019 - Coletiva

Art Lab, São Paulo, Brasil 2019 – Projeto “ Linguagens Contemporânea” / Coletiva

Hotel Mercury, São Paulo, 2019 / Coletiva

Andreus Galeria, São Paulo, Brasil 2019 – Projeto “Pop Diversão e Arte”/ Coletiva

Alesp, São Paulo, Brasil 2019 - Coletiva

Marisa Melo
Estação Natureza
De 10/05/2019 à 30/08/2019

Esta coleção, produzida em 2018, é um registro digital do respeito a todas as formas de vida. Cores e contrastes se sobrepõem. Nas sobreposições, animal e vegetal traduzem o que lhes é comum: a vida. Resgata, em tons inesperados, um tempo em que o ser humano era menos materialista e os animais eram parceiros de jornada, e não objetos de consumo e exploração. Restabelece a conexão espiritual e a fraternidade esquecida entre todos os seres.


Fauna e flora deixam de ser estatísticas vazias de florestas distantes e invadem o nosso espaço para seduzir com suas cores e seus olhares.


Mesclando pintura e técnicas digitais, a artista convida a deixar-se encantar com suas cores e olhares,levando para nossas lutas uma dose extra de energia e amor - elementos tão necessários para
seguirmos nosso destino pelos metrôs, caminhos e desafios de cada dia.

 

Marisa Melo:
Água (não só) para Beber

Esta coleção, produzida em 2019, representa gratidão a este elemento tão necessário, tão presente e tão vital.

No “Cântico das Criaturas”, São Francisco a chama de “Irmã Água, útil, humilde, preciosa e casta”.

Símbolo de pureza, ela está conosco em todos os momentos.

Junto com o choro que anuncia nosso nascimento, ela vem nas lágrimas de alegria dos que esperaram pela nossa chegada. E assim começamos nosso curso pelo rio da vida.

Partindo da fotografia com técnicas digitais, a artista convida a deixar-se emocionar com cores e texturas que a própria natureza nos proporciona.